Índice de Valor Agregado

O Índice de Valor Agregado tem como objetivo identificar o valor agregado (proxy) por produto importado e exportado mensalmente em vários portos do país. Por meio da base de dados COMEXSTAT, do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços, foi possível levantar informações sobre o destino e a procedência das cargas com maior valor agregado e, assim, estabelecer comparações mensais entre os portos com maior movimentação desses produtos. Além disso, é possível identificar a concentração das balanças comerciais de cada país, dando origem ao Índice de Concentração da Balança Comercial.  

 

Com esses índices é possível desenvolver estudos sobre a importância que os bens acabados tem na geração de divisas para o país, comparando ainda as diferenças no valor agregado de produtos entre diferentes parceiros comerciais (blocos ou países). 

No caso brasileiro, os portos escolhidos são aqueles com maior representatividade no total de valor monetário movimentado (exportações e importações) nos últimos 10 anos, sendo eles:

  1. Porto de Santos

  2. Porto de Paranaguá

  3. Porto de Itaguaí

  4. Porto de Rio Grande

  5. Porto de Vitória 

  6. Porto de São Luís 

Clique na imagem abaixo e saiba mais sobre o IVA nacional

Clique na imagem abaixo e saiba mais sobre o IVA internacional e o Índice de Concentração da Balança Comercial

Informativos 

  • Informe n. 01 - abril 2020

  • Informe n. 02 - outubro 2020